Como lidar com cansaço emocional?

O cansaço emocional existe e um dia chega para todos os que não estão preparados.

O problema é que ele é sorrateiro e mostra pequenos sinais quase imperceptíveis no começo.

Estamos falando de um de nossos piores inimigos. E daqui a pouco você vai entender por quê.


O que é o cansaço emocional?

O cansaço emocional pode ser definido como o estágio em que, independente do que a situação lhe mostre, você já não tem mais vontade de acreditar que o melhor ainda está por vir.

O que é cansaço emocional?

É quando as esperanças já se foram e mesmo que de forma sutil e discreta, já não fazemos planos para o futuro.

É triste, mas é uma realidade e afeta muita, muita gente mesmo!


Quais as causas?

As causas do cansaço emocional são as mais variadas.

Mas, a principal delas é a frustração.

Essas desagradáveis situações nos levam a deixar de crer no melhor, ou até cremos, mas não há mais a disposição de correr atrás.

Por exemplo: Quando depois de tanto tempo buscando o “homem perfeito” o relacionamento em que você investiu tudo, acabou.

A tristeza tira as forças e a vontade de recomeçar uma nova caminhada.

Não é apenas na vida sentimental que isso acontece.

Algumas pessoas se cansam da caminhada rumo a felicidade, pois acreditam que já percorram tanto e nada alcançaram, que já não vale mais a pena continuar na jornada.


Por que devo me preocupar com o cansaço emocional? P

Acho que esse é um dos artigos mais importantes que já fiz. Sabe porquê? Por que afeta todo o nosso ser.

Quem fica emocionalmente cansado, perde a vontade de viver e pior, perde a vontade de realizar seus sonhos.

Na verdade, a pessoa acaba até mesmo se esquecendo de seu sonho e apenas “levando a vida” como se isso fosse uma obrigação e não um privilégio.

É por conta do cansaço emocional que muitas pessoas adoecem, entram em depressão, desenvolvem transtorno de ansiedade e muitas outras patologias que afetam o ser humano no âmbito mais íntimo.

Podemos considerar o cansaço emocional como uma espécie de cartão de entrada para uma triste vida, mas é claro, é possível reverter.


Como identificar o cansaço emocional? 

Todos os anos você sonha com uma festa de natal linda, com toda a família, mas nunca dá certo. Então, esse ano, você decidiu, nem se empolgar com as festividades, afinal… “nunca dá certo mesmo!”

Essa é a frase mais corriqueira na boca de quem já está emocionalmente cansado.

Nesta situação, a pessoa não cria expectativas como uma autodefesa. Na intenção de não se machucar mais uma vez.

Já não acredita nos sonhos, já não tem mais brilho no olhar.

Até tenta se motivar, mas é passageiro. Logo cai no comodismo de aceitar tudo como está e não esperar nada diferente em sua vida.

Muitas vezes o cansaço emocional é confundido com o negativismo. Mas, ser negativo é ter “maus olhos”, enquanto o cansaço emocional é praticamente como entregar os pontos.

Imagine um corredor, em uma maratona. Ela já fez o mesmo percurso, participou da mesma prova umas 20 vezes e nada conseguiu. Na 21°, ele já está cansado e praticamente sem esperanças de conseguir uma medalha.

Isso também acontece com nossas emoções. Elas correm conosco, e se nos cansamos, elas cansam também.

Isso também é conhecido como bagagem emocional e eu falo mais sobre isso nesse artigo aqui!

O que fazer nessa situação?

Independente da sua religião (ou se não tem nenhuma), com certeza está familiarizado com o termo Fé.

A Fé é uma ação, que precisa de coragem para ser executada.

É como receber uma dose de ânimo quando tudo parece perdido.

Sei que é bem difícil pensar assim quando o cansaço emocional bateu a porta, mas te convido a imaginar uma situação comigo.

Imagine que você está escavando uma terra seca. Ficou anos nesse trabalho, aprofundando o mesmo buraco e por cansaço, desiste. Depois, descobre que, se você tivesse dada apenas mais uma machadada, teria encontrado uma mina de ouro. Apenas mais uma…

Às vezes, tudo o que está faltando é mais uma tentativa. Mais um sorriso, mais uma dose de fé e esperança.

Se o cansaço bateu a porta, simplesmente, não atenda. A escolha é sua.

Nós fomos acostumadas a acreditar que um raio cai sim duas vezes no mesmo lugar. Eu prefiro crer que, se o raio cair, eu me levanto e começo de novo, quantas vezes for necessário, afinal, meu sonho vale mais que um raio.

Neste momento, é bom lembrar das lutas de boxe ou MMA que passam na televisão.

Para muitos, é quase impossível entender por que, mesmo depois de apanhar tanto e as vezes até ficar desfigurados, os lutadores se levantam felizes pela vitória.

A alegria deles vem de, ainda que da forma mais difícil, eles se mantiveram de pé.

Mesmo que a vida já tenha te dado uma “surra” continue lutando, você vai vencer.

Como evitar o cansaço?

Ainda pensando nos corredores de maratonas. Sabe porque eles não desistem? Por que se preparam para ela.

Eles regulam a alimentação, fazem exercícios físicos e mentais e todos os dias pensam no objetivo principal: a vitória.

Com nossas emoções é o mesmo.

Para evitar o cansaço emocional é preciso se preparar.

Estar emocionalmente preparado é trabalhar dentro do seu coração qual o objetivo e até mesmo lembrar todas as decepções que já passou.

Lembre delas para trazer a memória que: tudo passa.

A dor de ontem, já não é a mesma de hoje. As feridas cicatrizam e a pele nova sempre surge depois.

Não importa quantas vezes você tenha que tentar, apenas tenha em mente que a vitória alcançada no final valerá a pena. Isso vai te ajudar a ver que, cada tropeço, cada decepção, cada plano não realizado, é apenas um degrau na escada da conquista.

Quando a tempestade vier, você estará preparado para ela.

Por falar nisso, eu preparei um ebook GRATUITO falando sobre como o controle das emoções pode te levar ao sucesso. É gratuito mesmo, viu?

Para baixar é só clicar aqui!

Ah, depois, me diz o que achou, tá bom? Espero seu comentário aqui.

“Um beijo no seu coração, do Jardineiro sonhador”

Compartilhar com seus amigos...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *